Bem-vindo, caro mentee!

Pegue uma boa xícara de café (ou chá se preferir), um cobertor e fique confortável, pois o SuperMentor vai lhe ensinar tudo sobre o IELTS.

O que é o IELTS

Vamos começar pelo começo. O International English Language Testing System, também conhecido como IELTS (se pronuncia "aiélts" e não "íêlts"), é uma prova de proficiência em inglês administrada pelo British Council com o objetivo de testar a proficiência na língua inglesa de pessoas cuja língua nativa não é o Inglês. O IELTS é aceito em países como Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, ou seja, se a rainha já apareceu na nota de dinheiro, o IELTS é aceito. Para conferir uma lista de instituições (incluindo as universidades americanas) que aceitam o IELTS, clique aqui para acessar a página e confira o link "US Recognition List".

Assim como no TOEFL, o IELTS também possui diferentes versões da prova: o Academic e o General Training. Como nosso foco aqui é ingressar em uma universidade, deve-se fazer o IELTS Academic. Tome muito cuidado na hora de selecionar a prova!

O IELTS Academic possui quatro seções: Speaking, Listening, Reading Writing, as quais vamos detalhar nesse artigo. Ele tem duração de 2h45min e custa R$840,00. Nesse link você pode encontrar uma lista com as cidades em que a prova é aplicada.

Composição da prova

O IELTS é, por sua natureza, uma prova mais "humana" se comparada ao TOEFL. A prova é feita no papel (mas a partir de 2019 começou a ser realizada também pelo computador) e a entrevista é realizada com uma pessoa cara a cara. Você receberá um e-mail alguns dias antes da prova marcando o horário da entrevista, que ocorre no mesmo lugar da prova escrita. Já que são duas partes em horários diferentes, vamos separar a prova entre Oral e Escrita.

Prova oral (Speaking):

A parte oral do IELTS consiste de uma entrevista com um avaliador certificado. Isso pode parecer assustador no início, principalmente pelo fato da conversa inteira ser gravada, mas garantimos que com preparo e treino você pode se sair muito bem.

A conversa é dividida em 3 Tasks, que vão aumentando em complexidade.

Task 1A primeira task é a mais fácil da prova oral— nela, o entrevistador te fará perguntas genéricas como "Do you like fruit?" ou "Where do you live?". Essas perguntas geralmente são simples de responder, mas há uma "pegadinha". As suas respostas do Task 1 e Task 2 vão determinar as perguntas do Task 3 e, no final do Task 2, o avaliador já tem uma ideia de qual seu score vai ser. Por causa disso, o melhor a se fazer nessa parte é responder além da pergunta. Você tem tempo para falar bastante coisa, então use esse tempo até o avaliador dizer "Stop". O importante é mostrar o seu nível de inglês desde o início, então se o avaliador perguntar "Where do you live?", não responda só a cidade, fale um pouco sobre o que você acha de lá, algo tipo "I live in Porto Alegre, although I don't particularly like the neighborhood where my home is situated", já que isso dá uma impressão completamente diferente da sua capacidade para o avaliador, resultando numa nota melhor. O Task 1 dura de 4 a 5 minutos.

Task 2Na segunda task, o avaliador irá lhe entregar uma folha de papel com uma pergunta um pouco mais extensa do que às do Task 1, junto de um lápis. Por exemplo, se uma pergunta de Task 1 seria "Você gosta de viajar?", a de Task 2 seria "Conte sobre o último lugar que você conheceu. Onde era? Você gostou? Com quem você viajou?", ou seja, o nível de complexidade é similar, porém são perguntas mais específicas. Nessa parte, você terá um minuto para preparar sua resposta, e dois minutos para responder.

Um minuto pode parecer muito pouco tempo para preparar uma resposta, mas depois de praticar algumas vezes você pega o jeito. A tática é anotar apenas os pontos principais que vão compor a sua resposta, seja no formato de lista, mindmap, ou qualquer outra maneira que seu cérebro se lembre dos pontos depois. Não se preocupe com sua letra, pois a folha não é considerada na avaliação. Tente usar os dois minutos para a resposta, porque mesmo que você responda tudo em um minuto, o avaliador vai ficar parado em silêncio até o tempo acabar, então não tem porque tentar acelerar a sua resposta. O avaliador ainda pode fazer mais uma ou duas perguntas menores relacionadas à "perguntona" que você respondeu, assim como aconteceria numa conversa normal.

A partir desse ponto, o avaliador já tem uma ideia da "faixa" (a faixa é explicada melhor no item Pontuação) de pontuação que você está, mas você ainda tem a chance de aumentar sua pontuação no Task 3.

Task 3: Nessa última parte do Speaking, o avaliador vai fazer perguntas relacionadas com a pergunta grande do Task 2, mas com temas mais abstratos, como problemas da sociedade ou política. Não precisa se preocupar em ter conhecimento total dos assuntos, afinal, você está sendo avaliado pelo seu inglês e não conhecimento geral.

Tendo bom senso e evitando absurdos como "I believe extermination is the solution to humanity", você não irá perder pontos por discordar do ponto de vista pessoal do avaliador. A melhor dica para essa última parte é encará-la como uma conversa e não como um questionário, já que a discussão se mantém em um tópico só. O Task 3 tem uma duração média de 4 ou 5 minutos, e quando terminar você será pedido para sair da sala; não se preocupe se o avaliador parecer um pouco apático, pois eles precisam ser assim por causa da gravação. E com isso, parabéns, você terminou o Speaking Test do IELTS!

Prova escrita (Listening, Reading e Writing)

A prova escrita, ao contrário do Speaking, é realizada em uma sala com todos os outros candidatos. Entrando na sala, os supervisores da prova irão falar as instruções para a primeira parte da prova escrita.

Algumas dicas gerais antes de falarmos das Sections:

Listening

Listening é composto por quatro Sections, que aumentam gradativamente o nível de complexidade. Mas antes de falar sobre elas, quero dar algumas dicas gerais:

A ordem das lacunas que você irá preencher sempre seguirá a ordem da conversa, então não precisa se preocupar em procurar a resposta da última lacuna nos primeiros 10 segundos de conversa; se você acha que perdeu uma das respostas, siga em frente e depois tente adivinhar a resposta da que você perdeu.

É importante seguir as ordens do CD; se a seção pede para ler as perguntas de 1 a 7, você deve ler as perguntas de 1 a 7. Ler a pergunta 8 não vai acrescentar em nada o entendimento daquela parte e você só vai perder tempo.

A última dica bem importante que me fez ganhar tempo em 3 perguntas do Listening quando fiz a prova: tente "adivinhar" respostas óbvias e já deixar pré-escrito na folha, assim reduzindo o tempo que você perde sua atenção enquanto escreve a resposta. Se a lacuna fala que "as tartarugas têm _____ grandes e duros", você já pode deixar "cascos" escrito pequeno embaixo da lacuna, já que o pior que pode acontecer é não ser isso.

Section 1A primeira Section parece ser bem simples, mas preste atenção porque ela tem algumas pegadinhas. Você irá ouvir uma conversa casual entre duas pessoas, muitas vezes entre um cliente e um atendente de empresas em setores como seguros ou aluguel de ônibus de turismo. As perguntas vão envolver nomes e telefones, assim como objetos ou lugares.

O primeiro tipo de pegadinha dessa parte envolve sobrenomes de pessoas. Por exemplo, a conversa pode mencionar um nome esquisito, e a outra pessoa vai pedir para soletrar. É muito importante prestar atenção nessa parte, porque uma só letra errada já faz você perder a questão.

Outra possível pegadinha é uma das pessoas falar uma informação errada e se corrigir imediatamente. Por isso, é bom esperar um pouco antes de escrever. Caso você prefira, também pode riscar a informação errada e corrigi-la no seu rascunho, só lembre-se de não fazer isso na grade de respostas.

Section 2: Section 2 é um monólogo numa situação do dia a dia, como alguém explicando os equipamentos de uma academia, ou o campus de uma universidade. Não há muito segredo nessa parte, basta prestar atenção.

As Sections 3 e 4 são similares às Sections 1 e 2, respectivamente, porém contam com um ambiente acadêmico, onde a linguagem, os temas e os termos são mais complexos. Você pode se deparar com uma conversa entre um professor e um aluno discutindo a inscrição de um projeto em uma competição ou uma palestra universitária sobre um assunto mais avançado. O ritmo dessas duas últimas seções é mais acelerado, então não perca muito tempo escrevendo ou pensando, porque a próxima resposta pode já estar sendo dita. Depois de todas as Sections terminadas, você terá 10 minutos para passar as respostas para a grade. Faça essa parte com calma para não escrever nenhuma palavra errada.

Reading

A seção de Reading do IELTS acadêmico contém 40 questões, indo desde múltipla escolha até conectar parágrafos do texto com frases. Nessa parte, você tem 60 minutos, então TENHA MUITA CALMA porque os textos do IELTS requerem muito mais atenção e interpretação por parte do leitor quando comparados com os do SAT, por exemplo. Na hora de ler as passagens, o lápis vai ser o seu melhor amigo, crie o hábito de sublinhar as partes com informações importantes; por exemplo, se o texto fala que "a doutora Franklin acredita que existam 350 fósseis espalhados pela região", circule o nome da pessoa e sublinhe o que ela defende, já que isso vai ajudar muito em alguns tipos de questões. As questões do Reading são bastante variadas, mas as que você irá encontrar com certeza são as seguintes:

  • Multiple choice: vão de A a D e pedem uma informação específica do texto;
  • Matching features: essa questão pede para ligar uma informação a uma pessoa ou grupo de pessoas mencionados no texto. Ex: Se 5 cientistas falam 5 informações diferentes no texto, você vai ter que ligar cada um deles às suas 5 respectivas respostas;
  • Matching headingsvocê terá uma lista de possíveis títulos para cada parágrafo de um texto, e seu trabalho será ligar o título ao parágrafo. Vale notar que terão mais títulos que parágrafos;
  • Identifying informationO processo reverso de Matching headings, você terá que assinalar quais parágrafos falam sobre quais informações;
  • Yes, No, Not Givenmuito similares às perguntas de V ou F da escola, a única diferença é que há a opção Not Given, ou seja, significa que a informação não está presente no texto. Ex: O texto possui a seguinte passagem: "O Doutor Brown menciona em seu artigo que o tratamento foi utilizado em 200 pacientes, com taxa de cura de 80%" e a questão fala o seguinte: "Doutor Brown acredita que o tratamento seja a solução para a doença". Em momento algum o texto fala da opinião pessoal do médico, então a resposta seria Not Given.
  • Diagram label completionnesse tipo de pergunta, você terá uma representação em desenho de alguma parte do texto com lacunas para preencher.

Já que você tem 1 hora para responder 40 questões (as quais levam menos de 1 minuto caso você tenha entendido o texto), a grande dica é ler as passagens com bastante atenção.

Como você pode ver pelos exemplos de perguntas que demos, algumas requerem uma compreensão mais profunda do texto. Não adianta nada você ler o texto depressa, salvando tempo para as questões, se depois você não conseguir respondê-las por falta de compreensão. Isso só vai fazer você perder mais tempo, porque vai ter que voltar no texto de novo. Foque em entender o texto e resolver as questões que entendeu. Caso não conseguiu responder alguma, pule para a próxima questão e volte nela mais tarde.

Writing

Quase lá. Agora só falta o Writing e você estará livre! O café que você pegou no início do artigo pode até estar no fim, mas continue com a gente. Você pode estar no final da prova, mas não deixe a ansiedade lhe tirar o foco, pois o Writing tem o mesmo peso das outras partes, e pode impactar bastante na sua nota.

Writing do IELTS consiste de duas tasks: uma redação de análise de dados e outra argumentativa. Vamos começar pela redação menor: a de análise de dados.

Task 1: Você será apresentado com dois inputs de dados e seu contexto. Os tipos de dados podem ser tabelas, gráficos, pizzas ou diagramas. Você deverá escrever sobre a relação entre esses dados, cruzando números entre eles e destacando as tendências e anomalias. A dica mais importante para essa parte é nunca dar a sua opinião ou fazer "achismos"—se os gráficos não mencionam explicitamente alguma coisa, não cite isso na sua redação. Em geral, essa parte requer bastante vocabulário, então pratique bastante expressões usadas para falar de dados, principalmente para falar de crescimento e decrescimento em gráficos.

Task 2A segunda e maior redação é uma essay argumentativa, parecida com as que você teve na escola. Você terá um contexto, quase sempre um problema atual da sociedade, como poluição, ética corporativa, segurança, etc., e você terá que escrever sua opinião sobre o assunto. Não se esqueça que essas redações são formais, então tome cuidado com o vocabulário. As principais dicas para essa essay é não utilizar "I think". O IELTS pede seu ponto de vista, mas assim como no Português, utilizar a expressão "eu acho" tira a credibilidade de um texto. Você pode usar "from my point of view" como substituto.

As duas redações precisam ter início, meio e fim, e não se preocupe em limitar seu texto a um certo número de palavras. O importante é chegar no limite mínimo, que é de 250 palavras. Uma vez que esse limite é atingido, o número de linhas não muda nada sua nota, o que importa é o conteúdo delas. Têm pessoas que são sucintas na escrita, e outras que precisam dar mais contexto, então a única coisa em excesso que você precisa colocar nessas redações é muito vocabulário e estrutura.

Ufa! Agora que você sabe tudo sobre cada parte da prova, podemos falar sobre o sistema de scores.

Notas

Você pode acessar as suas notas do IELTS através do portal do British Council depois de algumas semanas da prova com os dados que você receberá por e-mail. Cada seção da prova tem sua nota individual, que conta depois para o Overall, que é a média aritimética das seções individuais. As notas vão de 0 a 9 (porque só você é 10) e vão escalando de 0.5 em 0.5, ou seja, não existe a nota 7.2, somente 7.0 e 7.5.

A maioria das universidades pedem um mínimo de 7.0 no overall, mas existem algumas exceções notáveis como University of Notre Dame que pede um mínimo de 7.5 e Brown University que pede ao menos 8.0.

Wrap up

Em resumo, o IELTS é uma prova bastante extensa e, dependendo da sua familiaridade com o Inglês, complexa. Assim como qualquer outro teste que você enfrentará no application, requer bastante estudo, então não deixe para se preparar na última hora. Você pode encontrar materiais de estudo no site oficial do IELTS clicando aqui.

Estude bastante, porém, acima de tudo, tenha calma na hora da prova. Você se preparou para esse momento, e só você sabe a sua confiança no inglês; não deixe o tempo ou outras pessoas te deixar ansioso, porque isso só vai atrapalhar a sua concentração. Deixe tudo de lado nessas 2 horas e 45 minutos e foque apenas no presente, no agora.

Quando eu fiz minha prova do IELTS, eu estava muito nervoso, principalmente para o Speaking, e chegando na sala eu pensei que ia me dar muito mal, que a avaliadora ia me engolir por errar uma palavra, mas não foi nada disso. Ela começou a fazer as perguntas e eu tratei tudo como uma conversa casual, e o tempo passou voando. Foi assim no Writing também, achei que não teria um vocabulário bom o suficiente para a redação e demorei para começar a escrever, mas, quando eu comecei, percebi que já estava quase no final das linhas e toda aquela ansiedade foi desnecessária.

O IELTS não é uma prova feita para te reprovar, mas sim para testar seu inglês, e se você fala inglês e se preparou, não tem com o que se preocupar.

No final, eu consegui um Overall de 8.5, e com esse artigo eu espero que eu ajude você a também conseguir a nota que você deseja. Foco no application e boa sorte!